Para ler

    Carinho

    24/11/2017

    Há uma infância em mim que não quer se perder… Que está sempre à tona, à frente das minhas vontades, dos meus afetos… Eu não quero crescer porque não quero deixar de ver o essencial… o genuíno. As crianças sabem o que é bom, o que faz bem, o que é
    fundamental… Fundamental é carinho de vó, é cafuné de mãe, é ter um pai que nos deita na cama e nos conta histórias de heróis que eram apenas gente como nós. Fundamental é termos amigos, uma família doce, pessoas dispostas a fazerem o bem em volta de nós.
    Fundamental é coração bom, é caráter, é moralidade, é valor, é ética. E o que são valores hoje em dia? Valores tornaram-se preços. Mas preços não são valores… Valores não são precificáveis porque são gratuitos, mas valem o que nenhuma quantia de dinheiro compra… Eu quero gente do meu lado! Gente! Gente disposta a fazer o bem, a ser gentil, a ser gente. Eu não quero pessoas por conveniência. Eu me conecto mais a alguém bom do que a alguém inteligente. Porque inteligência não vale mais que um coração bom… Descobri, quase ontem, que ser feliz é fácil. Ser feliz é viver um dia de cada vez. Um dia de cada vez… É entender que qualquer gentileza de estranho é um gesto de afeto… Se soubermos abrir os olhos e abraçarmos o mundo com toda a sua beleza saberemos que as coisas mais importantes estão debaixo do nosso nariz. Um
    confidente, alguém que nos ouça, alguém que nos ame, alguém que nos cuide. Tem coisa melhor? Não tem. Não há nada melhor que gente… gente disposta a dar afeto em troca de nada… Porque gente que sabe tirar e querer e exigir e pedir tem muita… Mas gente que sabe doar, dar, presentear, ouvir e ceder… que poucas… É por isso que eu não me preocupo com números… Números não querem dizer nada. Estar entre mil pessoas é apenas estar no meio de mil pessoas. Mas estar no meio de duas pessoas nossas é estar
    cercado de afeto. E não há coisa melhor…
    Ontem, depois de um final de semana cercada pela minha família me caiu uma ficha. Uma ficha gigante. Não há nada melhor que afeto. Afeto é semente, é vida, é acolhimento, é aconchego. Estar perto de gente que nos ama é a melhor coisa da vida.
    Faz a gente abrir os olhos pro comum, pro ordinário, pro banal. Não há nada de mais extraordinário pra se viver do que se viver na presença de amor. Sentir-se amado nos faz ter vontade de viver a vida como ela deve ser vivida: um dia de cada vez! Sem pressa,
    sem angústias. Viver a vida de hoje é uma só vez… Viver cada hoje como se fosse cada hoje é conquistar vários amanhãs positivos, lembráveis… Eu quero ter mais dias comuns. Só isso é o que eu quero de mais. Mais dias comuns. Mais dias com você, que me fez me sentir um incomum afeto pela vida.

    *Crédito da Foto: Alberto Casetta

  • Para ler

    Festa de Despedida

    Quando alguém decide se mudar de país, esse alguém coloca no papel uma série de somas e subtrações. De um lado, o novo, o sonho, o desconhecido, a possibilidade, a mudança, o recomeço, a…

    24/11/2017
  • Para ler

    Aquele beijo

    Você é uma coisa assim. Sabe aquelas coisas assim, tão assim, que faltam palavras pra gente poder expressar. Um sentimento escarlate, uma pedra lapidada de tantas faces que se faz brilho por todos os…

    24/11/2017
  • Para ler

    Somos livros

    Somos muitos. Somos todos. Somos cada um de nós uma história, uma série de contos, um mosaico de crônicas, de poemas, uma coleção. Nosso viver é um drama, tragédia, comédia, histórias sem fim. Somos…

    24/11/2017
  • Para ler

    Ler é assim…

    Ler é assim… Viagem ao espaço, ao centro da terra, uma, duas,  cinco mil voltas ao mundo. Ler é assim… Um prazer, uma descoberta, uma reflexão, a solidão e uma multidão. Ler é assim……

    24/11/2017
  • Para ler

    Hoje

    Hoje eu gostaria de renascer de mim mesma. De brotar como se fosse flor, asfalto, punho aberto com dedos esparramados feito ramas buscando a seiva da vida por entre as moléculas de água que…

    24/11/2017
  • Para ler

    Simplicizar

    Simplicizar é ato ou efeito de se fazer da simplicidade um bem estar. Simplicizar é quando a luz brota no horizonte de quem desperta, é coisa dos desertos, dos oceanos e dos céus abertos.…

    24/11/2017
  • Para ler

    Saudade

    Saudade é palavra que só existe na língua portuguesa. Quer dizer um sentimento que não sabe o que faz para se dizer. Diz uma coisa tão de dentro, tão profundamente linda, que só quem…

    24/11/2017
  • Para ler

    Caminhos

    Só a vida, seguindo conforme o rumo de seus passos. Sou filha do vento. E nele faço meus laços. Caminhos transbordam onde mora um coração cheio de vontade. A existência é uma experiência inigualável.…

    24/11/2017
  • Para ler

    Hora de Partir

    Eu ia atravessar a calçada. Estava olhando pra cima. Pros prédios, pro céu. De repente, algo me puxou o olhar pro chão. Seria a pombinha? Ela, ali, me chamando em seu sono definitivo? Ela…

    24/11/2017